Enem 2017: redações serão corrigidas pela Vunesp

7460
Postado: 29 de junho, 2017 - Atualizado: 11 de setembro, 2017

O Enem 2017 terá mudanças na correção da redação. A partir desta edição, a fundação responsável pelo Vestibular da Universidade Estadual de São Paulo (Vunesp) ficará responsável pela correção e aplicação da prova de redação do exame.

Até o ano passado, a instituição responsável pela correção das provas do Enem era o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe.

Recentemente, a Vunesp participou de outros processos seletivos exercendo funções semelhantes, como o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar de São Paulo (Saresp/SP), o Sistema Paraense de Avaliação Educacional (SisPAE), o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida) e a Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem).

Além disso, as fundações Getúlio Vargas e Cesgranrio também passaram a ser responsáveis pela aplicação e correção das provas de Linguagens, Ciências Humanas, Matemática e Ciências da Natureza no Enem 2017.

Veja as outras mudanças no Enem 2017

Dias de aplicação do ENEM 2017

Enem 2016: Nas últimas edições, as provas eram todas aplicadas em um final de semana, a primeira prova no sábado e a segunda no domingo.

Enem 2017: Neste ano, o Enem será aplicado em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro.

Nova divisão das provas do exame

Enem 2016: No 2º dia da prova, as provas de Redação, Linguagens e Matemática eram aplicadas com 5h30 de duração.

Enem 2017: A prova de Redação será aplicada no 1º domingo, junto com Linguagens e Ciências Humanas, com duração de 5h30. No 2º domingo, serão aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza, com o tempo de 4h30.

Certificação do Ensino Médio

Enem 2016: De 2009 a 2016, o Enem podia ser utilizado para obter a certificação de conclusão do ensino médio.

Enem 2017: A partir deste ano, o certificado de conclusão de ensino médio não será mais obtido pelo Enem. Os interessados terão que realizar a prova do ENCCEJA para obter o diploma.

Cadernos de provas exclusivos

Enem 2016: Os candidatos deviam indicar no cartão de resposta a cor correspondente ao seu caderno de prova reescrevendo uma frase indicada. O não preenchimento desta etapa poderia consistir em anulação do exame.

Enem 2017: Neste, todas os cadernos de provas acompanharão o nome do aluno e o número de inscrição.

Isenção da taxa de inscrição

Enem 2016: Os estudantes de escola pública que estavam concluindo o ensino médio no ano de realização do Enem eram isentos da taxa de inscrição.

Enem 2017: Só serão isentos da taxa de inscrição os candidatos inscritos no CadÚnico, cadastro do governo federal que reúne pessoas em situação de pobreza extrema.

COMPARTILHE
Artigo anteriorCentenário da Revolução Russa
Próximo artigoDom Casmurro na UERJ
QG do Enem
O QG do Enem Cursos On-line é uma plataforma digital que oferece diversos cursos e serviços de preparação para o ENEM e vestibulares. A empresa é fruto de uma parceria entre a Eleva Educação, grupo dono de 5 das 15 melhores escolas do país, e o CERS, renomada instituição de ensino jurídico à distância.